Fabiana Solano

Fabiana Solano

E-mail: fabianasolano@felsberg.com.br

Telefone: +55 (11) 3141-3626

Cidade: São Paulo

Idiomas: Português, Inglês e Espanhol

Linkedin: Fabiana Solano

Áreas de atuação:

  • Agronegócios
  • Contencioso e Arbitragem
  • Reestruturação e Insolvência

Perfil

Fabiana é sócia do Felsberg desde 2011. Formada pela PUC-SP e com LL.M. em Stanford, USA. Atua ativamente na representação de devedores, credores e investidores em reestruturações privadas de dívidas e processos de recuperação judicial, extrajudicial e falências. Em mais de 20 anos de atuação, representou clientes de diversos setores, com destaque para infraestrutura, varejo, papel e celulose, e agronegócio. Participou dos casos mais relevantes de insolvência do país desde a entrada em vigor da lei 11.101/05, alguns deles vencedores ou finalistas do prêmio Deal of the Year da publicação Latin Lawyer.

Antes de se juntar à equipe de Recuperação Judicial, Insolvência e Reestruturação, Fabiana coordenou a equipe Contencioso do escritório. Representou clientes em disputas empresariais e arbitragens nacionais e internacionais perante a ICC – International Chamber of Commerce, Câmara do Comércio Brasil-Canadá, Câmara de Conciliação, Mediação e Arbitragem Ciesp/Fiesp e Câmara FGV de Mediação e Arbitragem.

É coordenadora do grupo de insolvência e recuperações judiciais para a América Latina e Caribe do Meritas, aliança global de escritórios de advocacia full service, que inclui 186 escritórios em 94 países, da qual o Felsberg e membro, e que é reconhecido como Band One pelo diretório jurídico internacional Chambers and Partners na categoria Leading Law Firm Networks: The Elite. Reconhecida pela Chambers (Band 4, Bankruptcy/Restructuring) e IFLR 1000, também tem sido indicada pela Latin Lawyer, The Legal 500 e Leaders League.

Associações Profissionais

  • Membro do Instituto Brasileiro de Recuperação de Empresas (IBR)
  • Membro do Centro de Mulheres na Reestruturação Empresarial (CMR)
  • Membro da TMA Brasil
  • Membro do International Insolvency Institute (III)
  • Membro do Comitê da Seção Brasileira de Alumni da Stanford Law School
  • Admitida na Ordem dos Advogados de São Paulo (OAB/SP)

Educação

  • LL.M (Mestrado) em Corporate Governance & Practice pela Stanford University
  • Conclusão das aulas do Mestrado em Direito dos Mercados Financeiro e de Capitais pelo Insper – Instituto de Ensino e Pesquisa (sem entrega de dissertação)
  • Especialização em Contratos pela PUC-SP – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
  • Graduada em Direito pela PUC-SP – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Publicações

  • PEREIRA, Fabiana B. S; FELSBERG, Thomas. Artigo: “O Administrador Judicial e o Compromisso com a Celeridade Processual” da obra coletiva “Administrador Judicial e a Reforma da Lei 11.101/2005”, coordenada por João Pedro Scalzilli e Joice Ruiz. 2021.
  • PEREIRA, Fabiana B. S; FELSBERG, Thomas. Artigo: “Falência: uma perspectiva de negócio para investidores em distressed assets” da obra coletiva “Investimento em Distressed Assets” organizada por Salvatore Milanese. Editora: Matrix, 2019.
  • PEREIRA, Fabiana B. S. Artigo: “O novo equilíbrio das partes na recuperação judicial com a alteração do stay period”. Veiculado na Revista do Advogado. Edição n° 150 | JUN | 2021. Editora: AASP, 2021.
  • PEREIRA, Fabiana B. S. Artigo: “O Tratamento dos Créditos Fiscais na Recuperação Judicial após a Reforma da Lei nº 11.101/05”. Veiculado na Revista de Direito Recuperacional e Empresa, coordenada Carlos Henrique Abrão, Ruy Rosado de Aguiar Júnior e o Luciano Benetti Timm. Editora: Thomson Reuters, 2020.

Experiência

A sua experiência recente inclui assessoria aos seguintes clientes:

  • Uma empresa brasileira focada em geração de energia renovável na sua recuperação judicial com mais de BRL 3,1 bilhões em dívidas;
  • Um dos maiores grupos do setor sucroenergético do país na sua recuperação judicial com mais de BRL 2 bilhões em dívidas; e
  • Credores na recuperação judicial de uma empresa brasileira de telecomunicações, com mais de BRL 60 bilhões em dívidas.

Artigos relacionados