Decisão do STF para pagamento de precatórios prejudica credores - Felsberg Advogados