Bolsa corrige exagero e volta aos 57 mil pontos - Felsberg Advogados