Fusões e aquisições bancárias serão analisadas pelo Banco Central e não pelo CADE - Felsberg Advogados