Abrangência de ações no STF entra na pauta - Felsberg Advogados