CVM, sob Pereira, muda estratégia e diminui absolvições - Felsberg Advogados