Acordo coletivo em SP dá piso de R$ 1.200 a doméstico - Felsberg Advogados