Decisão do STF impede que tribunais reduzam horário de atendimento - Felsberg Advogados