STF pode agilizar julgamento de ações contra nova lei dos royalties - Felsberg Advogados