Sequência de apagões não é normal, admite Ministério de Minas e Energia - Felsberg Advogados