Empresas e corretoras pagarão R$ 587 mil - Felsberg Advogados