Felsberg Advogados
Home | Webjet direciona compra de passagens para site da Gol
Publicações

Webjet direciona compra de passagens para site da Gol

A Gol comprou a Webjet em julho de 2011. Agora, as companhias começam a integrar as operações, direcionando quem deseja comprar passagem em voo Webjet para o site da Gol

O Estado de São Paulo

SÃO PAULO – A companhia aérea Webjet está direcionando os clientes que acessam o site da empresa, a partir desta quarta-feira, para a página da Gol. Em comunicado que aparece na página inicial (webjet.com.br), a companhia informa: “Caro cliente, focadas na busca da excelência operacional e em manter tarifas extremamente competitivas para todos os destinos, a Webjet e a Gol unificaram seus canais de vendas.”

Agora, para comprar passagem em voo da Webjet, o usuário agora terá de acessar o site da Gol (voegol.com.br). Para compra e alteração de passagem por telefone, a Webjet fornece o mesmo número de telefone da Gol: 0300 115 2121. Já o número do serviço de atendimento ao consumidor da Webjet (para cancelamento, reclamação e informações) continua a ser 0800 723 1234. O atendimento ao cliente da Gol é feito pelo número 0800 704 0465.

De acordo com as regras exibidas no site da Gol, a compra de passagens em voos da Webjet não rende milhas. “Não há acumulo nem resgate de milhas em voos Webjet”, informa a empresa nesta página. Questionada sobre se o direcionamento definitivo da compra de voos Webjet para o site da Gol pode mudar essa medida, a Gol informou, por meio da assessoria de imprensa, que “por enquanto passageiros da Webjet não acumulam milhas no Smiles (nome do programa de milhagem da Gol)”. Segundo a Fundação Procon-SP, com a integração, a Gol não é obrigada a criar um programa de milhagem para os clientes da Webjet.

A identificação dos voos no site — se for operado por Gol ou Webjet — seguirá os critérios adotados atualmente, segundo a Gol. Um voo da Webjet é identificado, na lista de resultado dos voos, pela palavra WebJet sobreposta a um fundo verde, à esquerda, ao lado no número do voo (que começa com a letra W). Outro indício de que o voo não é da Gol é o símbolo “OP”. Ele representa “voos operados por empresas aéreas parceiras da Gol”.

A Gol comprou a Webjet em julho de 2011. O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a operação há uma semana, mas impôs algumas condições. O órgão antitruste determinou a assinatura de um Termo de Compromisso de Desempenho (TCD) para a atuação das companhias no Aeroporto de Santos Dumont, no Rio de Janeiro. A Gol e a Webjet se compremetem, ao firmar o termo, em manter a eficiência de pelo menos 85% em seus slots atuais no aeroporto. Com isso, espera-se que ambas ocupem os espaços reservados a elas e trabalhem com pontualidade. A quantidade de voos cancelados não poderá passar de 15%.

Malha integrada

O presidente da Gol Linhas Aéreas, Paulo Kakinoff, afirmou nesta quarta-feira que a companhia prevê integrar a partir de dezembro a malha da Webjet. “Até a aprovação do Cade, o Apro (acordo de reversibilidade) era muito rigoroso e não permitia qualquer tipo de sinergia. Mas desde quinta-feira temos uma equipe de RH (Recursos Humanos) dentro da Webjet para verificar possibilidades de sinergia”, disse Kakinoff, destacando que as sinergias começam pelo quadro pessoal, mas que a Gol estuda oportunidades também na malha.

“A integração da malha representa uma redução de custos importante para a companhia”, afirmou o executivo. A companhia aérea estuda ainda reavaliação do acordo com a Delta, mas segundo o presidente, não é possível dizer em qual momento.

O executivo afirmou que por enquanto a companhia não tomou nenhum tipo de decisão com relação à mudança de visual das aeronaves. “A marca Webjet será mantida até que algum plano seja anunciado”, disse Kakinoff.

Topo Voltar