Felsberg Advogados
Home | Triunfo é favorita a levar BR-040 na última licitacão do ano
Publicações

Triunfo é favorita a levar BR-040 na última licitacão do ano

Após ser agressiva no início deste mês para arrematar a concessão de 1,2 mil quilômetros de estradas entre Brasília e Belo Horizonte, passando pelo Triângulo Mineiro, a Triunfo Participações e Investimentos (TPI) chega como favorita ao leilão da rodovia BR-040 dentro de sua estratégia de consolidar a presença em Minas Gerais.

A licitação será realizada amanhã, às 10h, na sede da BM&FBovespa, centro da capital paulista, e vai conceder para a iniciativa privada um trecho de 936,8 quilômetros que começa em Brasília, no Distrito Federal, e vai até Juiz de Fora, em Minas Gerais.

Junto com a Triunfo, outros sete grupos, entre empresas e consórcios, apresentaram, na segunda-feira, propostas para participar do leilão, o último da rodada de cinco licitações de rodovias feita neste ano pelo governo federal.

Também vão disputar o certame a Contern, a Invepar e a Companhia de Participações em Concessões (CPC), uma controlada do grupo CCR, que na semana passada venceu a licitação da BR-163, uma rodovia de 847,2 quilômetros que corta o Estado de Mato Grosso do Sul, de norte a sul.

Já os consórcios que vão disputar a licitação de amanhã são os seguintes: Via Capital, liderado pela Ecorodovias; Caminho Novo, formado por Encalso, Camter Construções, Infravix, Conter e Firpavi; Integração, composto por Fidens Engenharia, Construtora Aterpa M. Martins, Construtora Barbosa Mello e a empresa de engenharia Christiani-Nielsen Engenharia. Completa o grupo o consórcio da Queiroz Galvão, formado por Queiroz Galvão Desenvolvimento de Negócios e a Construtora Queiroz Galvão.

A Triunfo, contudo, é vista pelo mercado como a mais cotada a levar a concessão. Conquistar novas rodovias em Minas Gerais é um dos principais objetivos do grupo, como disse recentemente o presidente da empresa, Carlo Alberto Bottarelli. Como parte dessa estratégia, vencer a BR-040 é uma prioridade para a companhia.

Ganhar a licitação permitiria ainda estender o trecho de 180 quilômetros – entre Juiz de Fora e Rio de Janeiro – que a Triunfo, por meio da controlada Concer, já tem na própria BR-040. No dia 4 de dezembro, a Triunfo arrematou três rodovias entre Brasília, Goiás e Minas Gerais – as BRs-060/153/262 -, ao oferecer um deságio de 52% em relação ao teto da tarifa de pedágio estabelecido pelo governo federal.

A concessão da BR-040, que será licitada amanhã, terá prazo de 30 anos e prevê investimentos R$ 7,4 bilhões, além de R$ 3,3 bilhões em custos operacionais. O trecho concedido terá que ser duplicado em até cinco anos.

Fonte: Valor Econômico de 26.12.2013.

Topo Voltar