Felsberg Advogados
Home | SP poderá ter salário mínimo a partir de R$ 755 em 2013
Publicações

SP poderá ter salário mínimo a partir de R$ 755 em 2013

Alckmin encaminhou o novo piso do salário regional para a Assembleia Legislativa; se aprovado, aumento  deverá vigorar a partir de 1º de fevereiro e será estendido a aposentados e pensionistas

Juliana Deodoro, de O Estado de S. Paulo

SÃO PAULO – O governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou nesta sexta-feira, 30, que encaminhou para a Assembleia Legislativa do Estado, em regime de urgência, o novo piso do salário mínimo regional.

O piso é divido em três faixas. A primeira, que atualmente está em R$ 690, vai passar para R$ 755. Os trabalhadores domésticos, agropecuários, pescadores, contínuos e os de serviços de limpeza estão na primeira faixa.

A segunda, que inclui operadores de máquinas, tintureiros, manicures e cabeleireiros, vai de R$ 700 para R$ 765. A terceira – que abarca os setores de higiene e saúde, vendas e segurança privada – vai de R$ 710 para R$ 775.

O aumento é calculado pela soma da inflação com o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de São Paulo. Caso seja aprovado na Assembleia, o novo piso salarial deverá vigorar a partir de 1º de fevereiro de 2013 e será estendido a aposentados e pensionistas.

 

Topo Voltar