Felsberg Advogados
Home | “Somos capazes de construir plataformas”, disse Dilma Rousseff
Publicações

"Somos capazes de construir plataformas", disse Dilma Rousseff

Fonte: NN – Margarida Putti. – 16.07.2012

Presidenta afirmou durante o lançamento da plataforma P-59 da Petrobras que o Brasil vai continuar gerando emprego e renda para a população brasileira

O governo decidiu que não vai mais atrair fabricantes estrangeiros de equipamentos mais complexos do setor de petróleo e gás para se instalarem no Brasil. Em entrevista coletiva realizada na sexta-feira (13), durante a cerimônia de batismo da Plataforma P-59, na Bahia, Dilma Rousseff disse que, por “teimosia” do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o país mostrou que é capaz de construir uma plataforma.

“Mas nós teimamos, primeiro porque somos capazes sim de construir plataformas, de ter achado o pré-sal e depois de 20 anos estamos construindo a primeira sonda no País. Porque não seríamos capazes de construir uma plataforma?”, ressaltou a Dilma em seu discurso.

Durante o evento, Dilma Rousseff e a presidente da Petrobras, Graça Foster, trocaram confidências e elogios. Dilma também elogiou o ex-presidente da Estatal, Sergio Gabrielli, por sua participação no projeto, afirmando que “ele é um grande gestor”.

No decorrer da entrevista, Graça Foster negou ter feito críticas à gestão de seu antecessor, ressaltando que faz questão de falar com a imprensa junto com José Sergio Gabrielli, ex-presidente da estatal. “Somos amigos, parceiros. Somos parte de um grande projeto de revolução nacional a favor dos trabalhadores e da nação brasileira”, disse Graça amenizando a situação.

Dilma confirmou que o governo vai incentivar a indústria naval, com o objetivo de acelerar a exploração do petróleo da camada de pré-sal, mesmo após a Petrobras reduzir as metas de produção até 2016. Graça Foster também voltou a explanar o Plano de Negócios para 2012-2016, estipulado em US$ 236,5 bilhões, confirmando que cerca de 60% dos investimentos (US$ 142 bilhões) serão utilizados na área de exploração e produção de petróleo. A presidente da Estatal ainda comentou sobre os 19 novos projetos de extração de petróleo até 2016 e dos 38 projetos previstos para 2020.

“O que está aqui é um caminho de futuro. É o fato de que nós vamos continuar gerando emprego e renda para a população brasileira. É a afirmação de que nós somos capazes de enfrentar os desafios”, finalizou Dilma Rousseff.

A Plataforma

A plataforma P-59, está localizada no canteiro de obras do S. Roque do Paraguaçu, na cidade de Maragojipe, na Bahia. A P-59 terá capacidade de perfurar poços em situações de alta pressão e temperatura, além de alcançar até 9.100 metros de profundidade. A Petrobras investiu cerca de US$ 360 milhões na construção da plataforma.

Topo Voltar