Felsberg Advogados
Home | Shell inicia operações com sonda na Bacia de Campos
Publicações

Shell inicia operações com sonda na Bacia de Campos

Petrolífera também possui no Brasil uma sonda de operação offshore

Redação NNpetro – Segunda-feira, 1 Abril, 2013 – 14:57

A Shell, petrolífera anglo-holandesa, acaba de iniciar as operações com a sonda Noble Max Smith, que chegou ao Brasil em meados de fevereiro deste ano. Segundo comunicado da empresa nesta segunda-feira (01), o equipamento será utilizado na Bacia de Campos, Rio de Janeiro.

Em nota, a companhia informou que a Noble Max Smith, da Noble Corporation, chegou ao país com o objetivo de retomar o desenvolvimento do campo que irá operar, com o aumento da produtividade na área. Além desta sonda para operação offshore, a companhia também conta com a Noble Bully II.

O equipamento realizará perfurações em três novos poços em Bijupirá e um em Salema. A Max Smith, que é uma sonda semissubmersível, pode chegar a perfurar até 7.600m de profundidade em lâminas d’gua de até 2.100m.

Parque das Conchas

Por sua vez, a Bully II é utilizada há quase um ano na Fase 2 de desenvolvimento do Parque das Conchas (BC-10), onde está perfurando 11 poços, sendo sete de produção e quatro de injeção de água para estimular a produção.

Por ser menor, porém dotada de equipamentos mais avançados, a Bully II oferece ganho em eficiência, assim como sua ‘irmã’, a Bully I, utilizada na operação no Golfo do México.

De acordo com o comunicado, tais sondas permitem o encaixe remoto de válvulas nos poços perfurados e geram menos custo, mais rapidez na operação, menor consumo de combustível, redução nas emissões de gás carbônico e um aumento na segurança: por serem mais finas e menores, estão menos vulneráveis a fatores climáticos, como correntes marítimas e tempestades.

Topo Voltar