Felsberg Advogados
Home | Produção da Opep cai ao menor volume em mais de um ano
Publicações

Produção da Opep cai ao menor volume em mais de um ano

Oferta de petróleo da Organização registrou 30,62 milhões de barris por dia

Fonte: Reuters, Alex Lawler – Sexta-feira, 4 Janeiro, 2013 – 16:33

Sem Título-4

A produção de petróleo da Opep caiu em dezembro para seu menor nível em mais de um ano. De acordo com uma pesquisa da Reuters, a queda foi motivada principalmente por três fatores: menor fornecimento do Iraque, retração das exportações iranianas devido às novas sanções e corte de extração da Arábia Saudita.

A oferta de petróleo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) ficou na média em 30,62 milhões de barris por dia (bpd), inferior à média de novembro, de 30,71 bpd, indicou o levantamento feito com fontes de empresas de petróleo, na Opep e em consultorias.

A produção da Opep está, atualmente, 1,13 milhão de bpd menor ante seu auge de abril de 2012, de 31,75 milhões, antes de a União Europeia implementar um embargo sobre o petróleo iraniano, e com a Arábia Saudita aumentando sua produção na época para reduzir os preços da máxima de um ano, a 128 dólares por barril.

A pesquisa indica que a Arábia Saudita cortou sua produção nos últimos dois meses de 2012 em reposta a uma menor demanda, ajudando a trazer a produção do grupo ao volume mais próximo do que já esteve de sua meta de 30 milhões de barris por dia desde que a estabeleceu há um ano.

Com os preços do petróleo acima dos 100 dólares por barril desejados por Riad, mas com expectativas de uma menor demanda no início de 2013, a Opep não alterou sua meta após uma reunião no mês passado, deixando espaço para ajustes sobre ofertas informais dependendo da demanda.

A produção total da Opep em dezembro é a menor desde novembro de 2011, quando o grupo também produziu 30,62 milhões de bpd, segundo pesquisa da Reuters. A maior queda na oferta veio do Iraque, exportador mundial de crescimento mais rápido, devido a contratempos técnicos e políticos. O fornecimento caiu para 3,05 milhões de bpd ante 3,20 milhões de barris diários em novembro, mostrou a pesquisa.

Topo Voltar