Felsberg Advogados
Home | Petrobras começa a produzir petróleo no campo de Baúna, bacia de Campos
Publicações

Petrobras começa a produzir petróleo no campo de Baúna, bacia de Campos

Estatal coloca em operação o terceiro sistema de produção desde o início do ano

Redação NNpetro – Quarta-feira, 20 Fevereiro, 2013 – 09:34

A Petrobras começou a produzir petróleo no campo de Baúna, no pós-sal da porção sul da Bacia de Santos, informou a empresa em comunicado ao mercado. A estatal colocou em operação o navio-plataforma Cidade de Itajaí, no último sábado (16).

A plataforma, pertencente ao consórcio formado por Odebrecht e Teekay e afretada pela Petrobras, está conectada a um poço com potencial de extração de 12 mil barris de óleo por dia.

Segundo a petrolífera, outros dez poços (cinco produtores, quatro injetores de água e um injetor de gás) serão interligados à plataforma nos próximos meses, complementando o Plano de Desenvolvimento das acumulações de Tiro e Sídon. “A previsão é que o pico de produção seja atingido em agosto deste ano”, informou.

A plataforma tem capacidade para processar, diariamente, até 80 mil barris de petróleo leve (34 graus API) e 2 milhões de metros cúbicos de gás. A unidade está instalada em profundidade de água de 275 metros, a 210 km da costa, e o petróleo produzido será escoado por navios aliviadores.

Aumento de produção

Com a entrada do campo de Baúna, a Petrobras coloca em operação o terceiro sistema de produção no ano de 2013. As outras duas unidades foram o FPSO Cidade de São Paulo, que começou a produzir no campo de Sapinhoá em 5 de janeiro; e o FPSO Cidade de São Vicente, em Sapinhoá Norte, no dia 12 de fevereiro. As unidades acrescentam 200 mil bpd à capacidade instalada de produção.

 

 

 

Topo Voltar