Felsberg Advogados
Home | ‘O tempo do petróleo fácil acabou’, diz executivo da Shell
Publicações

'O tempo do petróleo fácil acabou', diz executivo da Shell

Gerald Schotman acredita que a companhia deve investir na exploração de gás

Fonte: Valor | Rodrigo Polito – Quinta-feira, 7 Março, 2013 – 10:26

“O tempo do petróleo fácil acabou”. Esse é o lema do vice-presidente executivo global de Inovação e Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da Shell, Gerald Schotman. Ele é responsável por decidir onde são gastos US$ 1,1 bilhão anuais, pela companhia, no desenvolvimento de novas tecnologias de exploração e produção de petróleo e gás natural e de fontes alternativas de energia.

Segundo o executivo, a produção maior de gás natural em relação a de petróleo, como ocorreu em 2012 (pela primeira vez na história da petrolífera) é uma tendência para o futuro. “Vamos fazer o máximo em produção de gás. A essência é que o mundo precisa de gás e ele será cada vez mais importante”, afirmou Schotman, que veio ao Brasil para participar do 2º Encontro de Inovação da empresa, que acontece hoje, no Rio de Janeiro.

De acordo com o cientista chefe global da Shell, o gás natural é um combustível “AAA”, fazendo analogia aos ratings aplicados pelas classificadoras de risco. Ele explica que o gás tem tripla nota “A” porque é abundante, de baixo custo e fácil acesso e aceitável pela opinião pública, por ser menos poluente que o petróleo e o carvão.

“Temos no mundo reservas de gás natural que poderiam suprir a demanda atual em 250 anos”, destacou Schotman. Quanto ao custo, ele ressaltou que a energia produzida por térmicas a gás pode ser duas vezes mais barata que a gerada por usinas a carvão.

Topo Voltar