Felsberg Advogados
Home | Novo consórcio deve apresentar plano para Oi
Publicações

Novo consórcio deve apresentar plano para Oi

Por Tatiane Bortolozi

Os escritórios de advocacia Felsberg e Morrison & Foerster, especializados em reestruturação de empresas, anunciaram ontem que participarão do grupo formado pelo ex-presidente da Claro, João Cox; o ex-presidente da TIM, Mario Cesar de Araújo; a butique de investimento ACGM, e a Íntegra Associados para formular um plano de reestruturação financeira e operacional para a Oi.

Juntos, esses investidores estudam comprar uma fatia acionária na operadora de telecomunicações, que entrou com o maior processo de recuperação judicial da história do país em junho. “O grupo busca um diálogo construtivo e não adversário com a companhia e suas partes interessadas, visando uma reestruturação bem-sucedida da Oi”, diz o consórcio em nota.

Os integrantes afirmam que seu plano de reestruturação “reconhece a importância da Oi para o setor de telecomunicações do Brasil e para a economia nacional” e que, apesar dos desafios enfrentados pela Oi, “reconhece os pontos fortes da companhia e seu potencial de crescimento”.

O grupo ressalta que foi capaz de reunir assessores jurídicos e financeiros com experiência e conhecimento em diversas jurisdições de relevância na reestruturação da Oi, como Brasil, Estados Unidos, Reino Unido e Holanda.

Thomas Felsberg, sócio-fundador do Felsberg Advogados, participou do desenvolvimento da atual lei brasileira de recuperação e falência. O escritório tem equipes com conhecimento em áreas como insolvência, societário, regulatório e litigioso, “e prestará consultoria em todos os assuntos relacionados à legislação brasileira”, de acordo com a nota enviada à imprensa.

O Morrison & Foerster reúne especialistas em reestruturação de negócios e insolvência na esfera legal. Em sua equipe está James Peck, ex-juiz de falências do Distrito Sul de Nova York, Estados Unidos, além de Sonya Van de Graaff e Peter Declercq, advogados de reestruturação e insolvência com especialidade na assessoria a investidores e grupos de credores.

A butique de investimento de Nova York ACGM, em parceria com a Íntegra Associados, vai atuar com foco nos aspectos financeiros e de mercado de capitais do plano. Cox e Araújo devem contribuir com a experiência na gestão operacional de negócios de telecomunicações.

Fonte: Valor Econômico de 19.8.2016. 

Topo Voltar