Felsberg Advogados
Home | Mundo tem de evitar ‘falência ecológica’, diz criador da pegada ecológica
Publicações

Mundo tem de evitar 'falência ecológica', diz criador da pegada ecológica

DENISE MENCHEN – Folha de São Paulo

Mundo tem de evitar ‘falência ecológica’, diz criador da pegada ecológica

“Você voaria em um avião sem indicador de combustível?” A pergunta é do suíço Mathis Wackernagel, para quem é exatamente isso que a humanidade está fazendo ao ignorar o consumo de recursos naturais na avaliação de desempenho das economias.

Criador do conceito de pegada ecológica, que relaciona a disponibilidade e o consumo desses recursos, Wackernagel defende que, além de indicadores tradicionais, como o PIB, os países terão que adotar métricas complementares para evitar a “falência ecológica”.

Confira a entrevista que ele concedeu à Folha após participar dos Diálogos sobre Desenvolvimento Sustentável, na Rio+20, neste domingo.

Folha – Por que adotar métricas de desenvolvimento que levem em conta o consumo de recursos naturais?

Mathis Wackernagel – Você viajaria em um avião sem indicador de combustível? Da mesma maneira, temos que saber quanto temos e quanto estamos consumindo de recursos naturais.

Mas o senhor acha que, no contexto político atual, a adoção desses novos indicadores é realista?

A realidade física vai triunfar sobre a realidade política. Os países que saírem na frente vão sair ganhando. E os que permanecerem cegos para a restrição de recursos vão perder. Alguns já estão perdendo agora mesmo. Então não é uma questão moral, é uma questão de olhar para os resultados. Se você não quer quebrar financeiramente, você faz a contabilidade financeira. Se você não quer quebrar ecologicamente, e isso inclui quebrar financeiramente também, então é melhor saber qual é a situação de seus recursos naturais.

Qual a situação do Brasil sob esse ponto de vista?

O Brasil está perdendo recursos. Comparado com outros países, ainda é muito rico do ponto de vista de capital natural, mas está gastando essa riqueza muito rapidamente, o que na verdade o torna mais pobre. Vocês têm cada vez menos Brasil por pessoa, e a demanda continua a crescer. Então essa reserva de recursos naturais, que tem sido uma vantagem enorme para o Brasil e que poderia ser cada vez mais significativa no futuro, está indo embora.

Como deveria ser a medida de desenvolvimento ideal?

Não há uma medida ideal. Um avião tem um painel cheio de indicadores chave. Um deles tem que ser o indicador de combustível. Quanta natureza temos, quanta natureza usamos. Essa é a pegada ecológica. As nações que não tiverem essa métrica estarão em grande perigo. Claro que elas têm que ter outras também, mas nós estamos numa parte crítica do voo, na qual nosso combustível está muito baixo, e é melhor olharmos para isso.

Topo Voltar