Felsberg Advogados
Home | Mercado reduz projeção para IPCA e para alta do PIB em 2012
Publicações

Mercado reduz projeção para IPCA e para alta do PIB em 2012

Por Valor

A previsão dos analistas de mercado para a inflação em 2012 caiu pela segunda semana consecutiva, segundo mostrou nesta segunda-feira o boletim Focus, do Banco Central, divulgado nesta manhã. A expectativa, contudo, segue distante do centro da meta de 4,5% perseguida pela autoridade monetária.

A mediana das estimativas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) saiu de 5,45% para 5,43%. Para 2013 houve aumento na previsão, de 5,39% para 5,40%.

A expectativa para a inflação melhorou apesar de o IPCA-15 de novembro, prévia do indicador oficial, ter vindo mais “salgado” que o esperado. Na semana passada, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostrou que o índice desacelerou para 0,54% em novembro, de 0,65% em outubro, mas ficou acima da média das estimativas apurada pelo Valor Data, de 0,52%.

Apesar de a inflação continuar afastada do centro da meta para 2012, analistas persistem na estimativa de que os juros ficarão no atual nível, 7,25% ao ano, até o fim de 2013, mostra o Focus.

E pesquisa do Valor Data com 35 economistas revelou que todos esperam a manutenção da Selic nesse nível na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) desta semana (amanhã e quarta-feira) – a última do ano.

PIB mais fraco

As projeções dos analistas de mercado para o desempenho da economia brasileira em 2012 e em 2013 seguem piorando.

A mediana das estimativas para o Produto Interno Bruto (PIB) neste ano recuou de expansão de 1,52% para 1,50%. Para 2013, passou de 3,96% para 3,94%. Na semana passada, a aposta para o próximo ano ficou abaixo de 4% após 14 semanas nesse nível.

Já as projeções para a produção industrial melhoraram. Depois de oito recuos consecutivos, a mediana para este ano saiu de queda de 2,39% para recuo de 2,30%. Para 2013, foi de expansão de 4,15% para aumento de 4,20%.

(Valor)

 

 

Topo Voltar