Felsberg Advogados
Home | Leilão de Cepacs rende quase R$ 30 milhões
Publicações

Leilão de Cepacs rende quase R$ 30 milhões

Jornal do Commercio, Isabel Correia, 23/out

O primeiro leilão de Certificados de Potencial Adicional de Construção (Cepacs), referentes ao projeto Porto Maravilha, na Zona Portuária do Rio de Janeiro, realizado ontem pela Caixa Econômica Federal, registrou volume financeiro de R$ 29,998 milhões.

Dos 100 mil títulos mobiliários ofertados, foram vendidos 26.086, ao preço inicial de R$ 1.150 cada. O leilão foi efetuado no mercado de balcão organizado da BM&FBovespa, por meio do sistema eletrônico de negociação, e durou 15 minutos.

A Bovespa não informou quais corretoras arremataram os lotes. Os títulos ofer¬tados no leilão são, na ver-dade, uma pequena parte dos 6,4 milhões de títulos que pertencem ao Fundo de Investimento Imobiliário Porto Maravilha, administrado pela Caixa.

Os recursos obtidos com a venda dos Cepacs serão usados na revitalização da Zona Portuária. O leilão realizado ontem foi o primeiro desde 13 de junho de 2011. Até então, a Caixa vinha negociado os certificados diretamente com investidores.

A Caixa não se pronunciou sobre o resultado do leilão, alegando que a instituição se encontra em período de silêncio em relação à operação. A Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp), que administra o projeto Porto Maravilha, também não se manifestou sobre o assunto.

Fonte: Ademi

 

 

Topo Voltar