Felsberg Advogados
Home | Happy Town investe R$ 200 mil na abertura de sua primeira loja em Belo Horizonte
Publicações

Happy Town investe R$ 200 mil na abertura de sua primeira loja em Belo Horizonte

Reuters Brasil

Happy Town investe R$ 200 mil na abertura de sua primeira loja em Belo Horizonte

A nova mania das crianças, que já encantou adultos de outros estados brasileiros, acaba de chegar a Belo Horizonte. A Happy Town, loja especializada em customização de bichinhos de pelúcia, agora investe no mercado mineiro. A marca, inspirada num conceito que é sucesso nos Estados Unidos, investiu na loja do BH Shopping cerca de R$ 200 mil. De acordo com Ferdinando Demarchi, um dos sócios da franquia Happy Town, a inserção no mercado de Minas Gerais foi bem planejada. “Estamos há quase um ano negociando a entrada da marca na cidade, considerada estratégica para nós. Conhecemos a fidelidade do consumidor mineiro e esperamos um retorno do investimento em três anos”, afirma.

O Grupo Vero Amici, formado por oito investidores, surgiu no início de 2007, quando Ferdinando Demarchi, procurando novas oportunidades de negócios para investir, entrou em contato com os criadores da marca Happy Town, e decidiu abrir sua primeira franquia, no Shopping Jardim Sul, em SP, em conjunto com dois dos atuais investidores. Após o sucesso inicial, outras novas quatro unidades foram abertas, com outros dois sócios do grupo.

Foi a partir daí que Demarchi decidiu formatar um business plan do negócio e apresentar para outros amigos, que formaram uma private equity para unir todas as unidades e investir em novas oportunidades. Atualmente, o Grupo possui 80 funcionários e administra 15 lojas franqueadas da marca em São Paulo, Santo André, Campinas, Rio de Janeiro, Brasília e agora BH, além de lojas sazonais em cidades como Campos do Jordão. De acordo com Demarchi, abrir uma loja em Minas é a consolidação do sucesso do grupo que encontrou na marca Happy Town a melhor opção de investimento. Para ele, o mineiro tem demonstrado uma identificação muito grande com os produtos nas outras lojas espalhadas pelo país.

Já negociando a expansão da marca em Belo Horizonte e até no interior do estado, o grupo reserva uma grande novidade ainda para esse ano. “Deveremos inaugurar mais uma unidade na cidade e estamos reservando para Belo Horizonte o lançamento do Quiosque Itinerante, por meio do qual o cliente poderá levar toda a magia de nossa fábrica de sonhos para o seu evento, tais como festas de aniversário, reunião de negócios ou encontro de fornecedores e clientes. Fornecemos, além disso, roupas personalizadas com o nome dos aniversariantes ou uniformes completos com o logo e o nome de empresas”, acrescenta Demarchi.

Fábrica de sonhos – O produto Happy Town mexe com a imaginação não só das crianças, mas dos adultos também. O quiosque montado no BH Shopping vai atrair a atenção de todos. Segundo Demarchi, os quiosques são hoje uma das melhores formas de divulgar o produto Happy Town, já que o fato de ter uma localização central e de fácil acesso permite que o cliente interaja com todas as etapas de criação do produto.

São mais de dez máquinas cenográficas dispostas para personalizar cada bichinho, batizado de “amigo”. As etapas de criação do “amigo” variam desde a escolha da espécie do animal, a roupa, os acessórios, o perfume, a mensagem gravada pela própria voz do cliente, até a definição da característica da personalidade e certidão de nascimento. As pelúcias são 100% importadas, mas boa parte das roupas e acessórios é fabricada no Brasil.

Os bichinhos são antialérgicos e o preço de cada um para o consumidor começa em R$ 59, que inclui todo o processo lúdico de nascimento do amiguinho (enchimento, banho, peso e medida – todos feitos pelo cliente, além de duas pulseirinhas da maternidade – amigo e cliente e da certidão de nascimento, que possui até a digital do amigo). São mais de 30 opções de “amigos”, como alce, panda, cavalo, porco, cachorro, urso, hipopótamo, entre outros. “Nosso produto é único na personalização e o preço é semelhante a outros existentes no mercado, mas com a vantagem de ser diferente para cada pessoa”, explica Ferdinando Demarchi.

Além de desenvolver a imaginação e criatividade das crianças, a Happy Town trabalha a conscientização da preservação da natureza. Em parceria com a WWF Brasil, divulga a importância de cuidar do meio ambiente, além de valorizar conceitos de amizade, respeito, coragem, alegria, honestidade.

Perfil da Happy Town – A primeira loja no Brasil da Happy Town foi criada em 2006, pelo casal Felício e Suzana Borzani em parceira com outros empresários, que trouxeram a idéia dos Estados Unidos. Desde 2004, a empresa possui a loja virtual – www.happytown.com.br – em que é possível criar o bichinho pela Internet e receber em casa, no país inteiro. Depois do sucesso de duas lojas montadas em shoppings de São Paulo, os sócios decidiram trabalhar com o esquema de franquias. “Fizemos um estudo e adaptamos a idéia à cultura e moldes brasileiros para encantar crianças e adultos e transmitir valores essenciais atualmente”, explica Felício Borzani, que depois de várias experiências como franqueado de outras marcas, aproveita a expertise para ser franqueador. Ele acredita que a customização é uma tendência de mercado cada vez mais crescente. Hoje, a Happy Town possui 25 lojas espalhadas pelo Brasil Inteiro.

Topo Voltar