Felsberg Advogados
Home | Gasto do brasileiro no exterior sobe no semestre, mas registra queda em junho
Publicações

Gasto do brasileiro no exterior sobe no semestre, mas registra queda em junho

Fonte: Folha de S. Paulo

Os gastos dos brasileiros no exterior chegaram a US$ 10,7 bilhões no primeiro semestre, 4,9% acima dos US$ 10,2 bilhões registrados no mesmo período do ano passado.

Já os estrangeiros deixaram US$ 3,4 bilhões no país nos primeiros seis meses do ano, 6,2% acima dos US$ 3,2 bilhões do ano passado. O saldo nas viagens internacionais, assim, ficou em US$ 7,2 bilhões de janeiro a junho, 4,3% acima dos US$ 6,9 bilhões registrados em 2011.

Os dados são do balanço de pagamentos do governo com o setor externo, divulgados nesta terça-feira (24) pelo Banco Central.

No mês passado, o Banco Central revisou a sua expectativa para os gastos dos brasileiros lá fora em 2012, que neste ano devem superar as despesas dos estrangeiros dentro do Brasil em US$ 13 bilhões. O dólar valorizado ante o real afetou os números, já que a projeção anterior era de um resultado negativo de US$ 15,5 bilhões.

Apesar do resultado no semestre ser ainda maior do que o do mesmo período do ano passado, na comparação mensal há queda. Com o dólar mais caro, em junho os gastos dos brasileiros lá fora foram de US$ 1,68 bilhão –queda de 9,6% ante o US$ 1,86 bilhão registrado no mesmo mês de 2011.

Esse balanço mostra o que entra e sai de recursos no Brasil, via investimentos, operações financeiras, contratação de serviços, aluguéis, remessas de lucros e exportação e importação de bens e serviços, entre outros. Quando saem mais recursos do que entram, o saldo é negativo, e portanto ocorre o deficit.

 

Topo Voltar