Felsberg Advogados
Home | Emissão de SulAmérica
Publicações

Emissão de SulAmérica

A seguradora SulAmérica fechou uma captação de R$ 635 milhões em debêntures. Com boa demanda, a empresa conseguiu reduzir a taxa de juros que pagará aos investidores. A oferta foi realizada em três séries. Na primeira, a empresa obteve R$ 135 milhões. Com prazo de cinco anos, os papéis renderão 108,25% do CDI ao ano, abaixo do teto, que era de 110% do CDI ao ano. A segunda série, com características semelhantes, fechou na mesma taxa da primeira. A seguradora captou R$ 372 milhões nessa tranche. Na terceira série, corrigida pela inflação medida pelo IPCA e com prazo de oito anos, foram emitidos R$ 128 milhões em debêntures. A SulAmérica pagará juros de 7,41% ao ano ao investidor na série, o equivalente a um prêmio de aproximadamente 1,10% sobre o título público corrigido pelo IPCA (NTN-B), segundo fontes de mercado. O teto proposto pela companhia era de NTN-B mais 1,25% ao ano. O Itaú BBA foi o coordenador e atuou ao lado do BB Investimentos.

Valor Econômico de 15.4.2014.

Topo Voltar