Felsberg Advogados
Home | EBX pede mais prazo ao BNDES para dívidas da OSX
Publicações

EBX pede mais prazo ao BNDES para dívidas da OSX

Fonte: Valor Econômico, Por Claudia Schüffner e Alessandra Saraiva | Do Rio

 

O grupo EBX já pediu ao BNDES a prorrogação do pagamento de parcela de dívida da OSX, empresa de construção naval e afretamento de plataformas, que vence em agosto. O Valor apurou que o pedido está em análise, mas ainda não foi aprovado pela diretoria da instituição. Procurado, o BNDES não confirmou a informação.

Segundo balanços das companhias do grupo, o próximo vencimento é uma parcela de R$ 491 milhões (incluindo juros), em 15 de agosto. Ainda de acordo com os balanços, essa parcela se refere a empréstimo-ponte de R$ 427,6 milhões obtido pela OSX em 2011 para implantar o estaleiro em São João da Barra (RJ), onde está sendo erguido o Porto do Açu. Segundo a OSX, o prazo de pagamento dessa dívida é de 18 meses (vencimento em 15 de agosto de 2013), sendo principal e juros “pagos ao final do período ou no primeiro desembolso do empréstimo de longo prazo do Fundo de Marinha Mercante.”

Em 15 de setembro vence empréstimo da LLX com o banco de fomento, no valor de R$ 536,51 milhões, incluindo juros. No início do mês, a instituição divulgou nota informando que o valor total das operações contratadas com o grupo EBX é de R$ 10,4 bilhões. No mesmo comunicado, o banco detalhou que, do volume total contratado, nem tudo foi liberado, já que os desembolsos, de acordo com a praxe em projetos apoiados pelo BNDES, ocorrem ao longo do período de execução dos empreendimentos. No informe, o banco afirmou ainda que sua exposição direta atual ao Grupo EBX é de uma parcela muito pequena do Patrimônio Líquido de Referência do BNDES – sem mencionar, contudo, de quanto seria essa parcela.

O total contratado pela OSX com BNDES soma R$ 1,34 bilhão. Desse valor, R$ 400 milhões foram creditados à companhia na modalidade “ponte”. Esse perfil permite que uma empresa pegue financiamento junto ao banco com o objetivo de agilizar a realização de investimentos para projeto específico – sendo que esse valor, mais tarde, será estruturado como parte de uma operação de longo prazo, destinada a beneficiar o empreendimento. Na prática, os recursos funcionam como uma espécie de adiantamento para a empresa do valor total do crédito de longo prazo, a ser aprovado pelo banco. De todas as operações contratadas pelas empresas “X” junto ao banco, a referente à OSX é a de maior volume.

Topo Voltar