Felsberg Advogados
Home | CVM abre processo contra Eike e 5 diretores
Publicações

CVM abre processo contra Eike e 5 diretores

Empresa diz que não foi ainda notificada

A CVM abriu processo administrativo contra o controlador da OGX, Eike Batista, cinco diretores da petroleira e contra o tunisiano Aziz Ben Ammar, do conselho de administração.

A CVM não informa a data e nem sobre qual episódio a ação se refere. A OGX diz que não irá comentar porque ainda não foi notificada.

O processo envolve os diretores José Roberto Cavalcanti, Luiz Eduardo Guimarães Carneiro, Paulo de Tarso Martins Guimarães e Reinaldo José Belotti Vargas, além de Ammar e Eike.

São apuradas, por exemplo, violações a instrução da CVM que regula a divulgação e o uso de informações sobre ato ou fato relevante.

Outra infração seria à obrigatoriedade de os administradores da companhia declararem a compra de ações, bônus, opções de compra de ações e debêntures conversíveis em ações da companhia, de suas controladas ou do mesmo grupo.

Outro ponto da lei diz que os administradores de companhia aberta são obrigados a comunicar imediatamente qualquer deliberação da assembleia-geral, da administração da companhia ou fato relevante, que possa influir na decisão dos investidores de vender ou comprar papéis.

Nesse último caso, o diretor de Relações com Investidores da OGX, Roberto Bernardes Monteiro, também é investigado.

Fonte: Folha de S. Paulo de 6.9.2013.

 

Topo Voltar