Felsberg Advogados
Home | Com processo de fusão, lucro da Brasil Foods cai 75%
Publicações

Com processo de fusão, lucro da Brasil Foods cai 75%

A companhia produziu 1,4 milhão de toneladas de alimentos no terceiro trimestre.

O lucro líquido da BRF Brasil Foods recuou 75% no terceiro trimestre deste ano, para R$ 91 milhões, Entre julho e setembro de 2011, o ganho havia sido de R$ 365 milhões.

“A influência do cenário setorial adverso, somado ao processo de transição decorrente da fusão [Sadia e Perdigão], foram fatores que refletiram em custos maiores transitórios e provocaram perda temporária de eficiência em nossas operações, tendo ainda impactado negativamente no resultado no período”, afirmam Nildemar Secches e José Antonio do Prado Fay, presidente do Conselho e diretor presidente da empresa, respectivamente.

A receita líquida somou R$ 7,2 bilhões no trimestre, o que representa um avanço de 14% sobre o período de três meses findo em setembro de 2011. Do total, R$ 4,08 bilhões foram provenientes do mercado interno e R$ 3,10 bilhões, do mercado externo.

No terceiro trimestre, foram produzidas 1,4 milhão de toneladas de alimentos, volume 3,2% inferior ao registrado um ano antes.

O desempenho reflete, segundo a BRF, a redução de volumes transferidos pelo processo TCD [Termo de Compromisso de Desempenho] em carnes e outros processados e pela diminuição de volume da linha seca (leite UHT), na atividades lácteos, focando o crescimento em produtos refrigerados.

Além disso, a companhia deu início aos ajustes de preços durante o terceiro trimestre de forma a recompor as margens pressionadas pelos aumentos de custos no setor, bem como, expectativa de uma boa demanda para o consumo dos produtos comemorativos.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) foi de 22% menor no trimestre, totalizando R$ 565 milhões.

Topo Voltar