Felsberg Advogados
Home | Base de cálculo do ICMS do café cru sobe no Rio
Publicações

Base de cálculo do ICMS do café cru sobe no Rio

Por Laura Ignacio | Valor

SÃO PAULO – A Superintendência de Tributação (ST) do Estado do Rio de Janeiro forneceu os novos dados para o cálculo do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do café cru. Os valores devem ser aplicados nas operações interestaduais realizadas de 10 a 16 de setembro.

A nova base de cálculo foi instituída pela Portaria ST nº 848, publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira.

Para a saca de café do tipo arábica, a base de cálculo do ICMS será de US$ 197 no período. Já para o café conillon esse valor será de US$ 140,5. A portaria entra hoje em vigor.

Nas operações interestaduais com café cru realizadas de 3 a 9 de setembro, a base de cálculo do ICMS do café arábica foi menor, de US$ 194,5. O mesmo ocorreu em relação à saca de café conillon, cujo valor foi de US$ 135.

Valor Econômico de 6.9.2012.

Topo Voltar