STJ mantém condenação de banco a indenizar, mas afasta multa de caráter protelatório - Felsberg Advogados