Sem diálogo, Brasil poderá ampliar retaliação a produtos argentinos - Felsberg Advogados